Arroio Puxiretê: limpeza agora é de retirada de pedras

Depois de duas limpezas de desassoreamento do leito do rio, realizadas nos últimos dois anos, a Administração Municipal realizou a retirada de pedras depositadas no fundo do Rio, no sábado 20/06.

 

Nas imediações de ambos os lados da ponte da Rua Três de Outubro, uma escavadeira hidráulica com um martelete acoplado trabalhou durante todo o dia do sábado (20) dentro do Arroio Puxiretê. O serviço foi quebrar as pedras do fundo do rio. “Uma demanda de muitos anos dos moradores próximos ao Rio. Tem uma rocha no fundo que contribui para as cheias do Pulador, como um obstáculo para a fluência das águas, principalmente, nos dias de chuva intensa”, argumentou o secretário de Obras Vanderlei Santos de Souza. Além disto, no lado direito da ponte, as rochas ficam muito próximas às residências localizadas ali, dificultando o fluxo da água.

A empresa contratada, Eduvi Pedras do Brasil, de Salto do Jacuí, tem o equipamento apropriado para estourar as pedras e deixá-las pequenas. “Há tempos, o Município sabia desta demanda. Já havíamos sido procurados para realizar o serviço através de detonação das pedras. Mas, achamos perigoso, pois tem moradias em volta. O serviço da empresa é de qualidade, seguro e bem objetivo”, salientou o secretário.

Inicialmente, a empresa foi contratada por 14 horas de trabalho ao valor de R$ 450,00 a hora. As pedras que foram quebradas serão levadas para o Parque de Máquinas da Prefeitura Municipal. “Temos várias utilidades para elas, como usá-las para fazer a cabeceira de pontes, pessoas carentes procuram a Prefeitura para auxiliar com material para a construção de poço negro”, explicou o secretário.

Magda Pimentel

Assessoria de Imprensa

imprensa@ibiruba.rs.gov.br

Administração 2017-2020