Ibirubá participou de Encontrão de Capoeira em Colorado

Crianças e jovens integrantes de programas sociais em Ibirubá participaram do 4º Encontrão de Capoeira Zumzumzum É Gafanhoto em Colorado no dia 13/09.

 

Parte integrante da programação de comemoração dos 55 anos do município de Colorado, o evento foi promovido pelo CRAS de Colorado em parceria com o Projeto Zum Zum Zum É Gafanhoto, do professor treinel Jamaica. Cerca de 800 crianças e adolescentes participaram das atividades do 4º Encontrão.

Além de Ibirubá e Colorado, também estiveram no evento grupos de Carazinho, Lagoa dos Três Cantos, Selbach e Tapera, todos integrantes de Oficinas de Capoeira, ministradas pelo professor treinel Jamaica.

As atividades do Encontrão contaram com a coordenação do próprio Treinel Jamaica com a participação do Mestre Renê Bittencourt da Bahia, do Contra Mestre Kong de Minas Gerais e do Contra Mestre Edison do Rio Grande do Sul. O Mestre Renê e os Contra-Mestres Kong e Edison estavam por esta região de 12 a 17/09, realizando atividades similares como estas com adolescentes e crianças.

Os jovens foram divididos em quatro grupos que passavam por atividades diversas como vivência com o Mestre Renê, falando de sua vida e passando mensagens de incentivos sobre a importância do estudo; passeio turístico no município guiado por dois professores; slackline (andar numa corda há uns 50 cm do chão com extensão em torno de 4 metros) para trabalhar respiração, concentração e equilíbrio; e ainda dinâmicas de capoeira.

De Ibirubá, foram 40 alunos do Centro Social Floresta, acompanhados da diretora Raquel Cristina Novelo e equipe, nove integrantes do Projovem, conduzidos pela estagiária Daiane Rota de Oliveira, e pela coordenadora do CRAS Gesmari Jandrey.

Raquel estava muito feliz com a experiência que os alunos tiveram. “Foi uma vivência muito bacana, com troca de informações, sendo muito bom conhecer as vivências que outros grupos têm, realizando o mesmo tipo de trabalho que o nosso”, declarou a diretora.

Daiane disse que os integrantes do Projovem gostaram muito. “Não foi simplesmente jogar capoeira. Eles foram conhecer os princípios da capoeira que transformam vidas, além de receberem um estímulo muito grande para valorizarem o estudo”, salientou a estagiária do Programa.

 

Capoeira em Ibirubá

O professor treinel Jamaica ministra oficina de Capoeira em Ibirubá para os alunos do Centro Social Floresta e para os participantes do Projovem, ambos programas vinculados à Secretaria de Assistência Social do município.

Semanalmente, o professor vem à Ibirubá trabalhar os princípios da Capoeira, transmitindo às crianças e adolescentes autoconfiança, coordenação de movimentos e flexibilidade do corpo, respeito ao próximo, conhecimento sobre cultura popular, valor da defesa, entre outros benefícios.

Magda Pimentel

Assessoria de Imprensa

imprensa@ibiruba.rs.gov.br